Estou há 777 dias sem me cutucar!

Pra quem sempre abriu rombos na pele, nem vou considerar como recaídas eventuais mordidas na pele seca dos lábios… Rsss. Tô “limpa”, sim! Firme e forte.

Parei pra fazer a conta porque alguém em um dos grupos no WhatsApp perguntou se alguém conseguia ficar 1 dia sem se cutucar. Então resolvi compartilhar aqui a minha contagem e a resposta que deixei por lá:

“Antes de parar “em definitivo” eu conseguia passar uns 2 ou 3 dias sem me cutucar. Era tipo início de dieta, sabe? Eu começava toda motivada, cheia dos curativos e pomadas, mas não durava muito. Repeti isso mtos anos, décadas, como quem recomeça a dieta às segundas-feiras.
Só mudou alguma coisa de fato quando eu finalmente entendi que o meu problema não era dermatológico, e sim psiquiátrico. Não adiantava se desesperar com as feridas e as manchas.
Tratar a pele é importante, claro. Mas só cuidar da pele é enxugar gelo. Novas feridas manchas vão surgir se a gente não trata o problema raiz: a cabeça.
Utilizem os poucos momentos sem se cutucar para buscar ajuda médica, avaliando os gatilhos de vcs e pensando em maneiras de evitá-los, um a um.
E comecem a comemorar cada período sem se cutucar, sim! Mesmo que sejam horas! Comecem hj. Na primeira vez completem horas, depois dias, semanas. Não desistam, só recomecem sempre. De tanto insistir vocês também poderão comemorar *anos* no controle da compulsão. Somos fortes!”

****

E acrescento mais uma coisinha agora: somos fortes, sim, mas não existe milagre, temos que dar o melhor de nós. Sofrer, suar, ralar. Mas que a dor seja para o nosso sucesso. No pain, no gain!

Bora começar o controle? JÁ!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *