Lidar com o julgamento alheio é um saco. Mas podemos melhorar o NOSSO JEITO de lidar com as pessoas.

Principalmente no verão, quando inevitavelmente a nossa pele está mais exposta, precisamos encarar as outras pessoas. Olhares nos medindo, palavras sem noção e sem a mínima delicadeza. Como lidar?

Eu particularmente sou uma pessoa bem explosiva. Tenho tentado, dia após dia, controlar a maneira como coisas externas à minha vida me afetam. Consciente disso, estou tentando melhorar, mas POR MIM, não pelos outros.

Quando alguém nota, comenta ou nos ofende com relação à nossa pele, temos 3 caminhos possíveis:

1️⃣ Explodir, mandar longe e guardar a tristeza
2️⃣ Contar até 10, ignorar e guardar a tristeza
3️⃣ Contar até 5, respirar fundo e responder com assertividade e sem tristeza

Fico com a opção 3. Mas ela não é automática, alcançamos com treino.

Quando HOJE, alguém me pergunta, se noto alguém olhando ou mesmo se recebo um comentário indelicado sobre a minha pele, devolvo com informação. Dependendo, até com um certo nível de sarcasmo, mas aí já é nível expert! 😁

Exemplo: “Noossa, o que é isso na sua pele?” (só pelo “noossa” já dá vontade de matar, mas… opção 3). Uma ideia seria responder assim: “Que bom que você perguntou, me dá oportunidade de eu compartilhar informação e você não se espantar assim de novo quando vir alguém como eu. Posso explicar?”. Tente não transformar em um drama (treine, pq no começo você vai chorar mesmo, e tá tudo bem). Tente falar “cientificamente”: “É um comportamento obsessivo por escoriar a pele, tem relação com o TOC. Gostaria de não fazer, mas não tenho controle, não consigo parar. Já estou me tratando.” Se tiver mais espaço, dê mais detalhes. Se a pessoa tiver o mínimo de decência, vai até pedir desculpas pra você. Se não quiser saber, aí sim, ignore, mas sem guardar a tristeza. A CULPA NÃO É SUA. A ignorância do outro é culpa do outro. Não se prive de viver por isso.

Mas pense o seguinte: transformar a SUA RAIVA em INFORMAÇÃO para os outros pode render excelentes conversas. E quem ganha é você! Experimente!

Categorias: Para refletir

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *