Quem aí tem vontade de cutucar os dedos? E aquela pelezinha diliça de puxar, heim?

Garanto que a maioria aqui – senão todos – já deu aquela puxadinha com os dentes na pelezinha que levanta, na lateral da cutícula.

Pois bem. Quem faz a unha toda semana em geral consegue amenizar o problema, mas quem não tem costume de fazer unha (os meninos, por exemplo) ou quem simplesmente resolve deixar as unhas respirarem e fica uma ou duas semanas sem tirar a cutícula, fatalmente vai se deparar com a tal pelezinha, um super convite para o picking. Aí a mão vai para a boca, a gente puxa a pelezinha “diliça” pra depois se preocupar com as consequências: dói, sangra, incha e às vezes fica dias latejando. Se formar casquinha então (sim, eu arrancava casquinha da cutícula)…
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Algumas práticas que ajudam a evitar esse problema:
1️⃣ Cortar as laterais da cutícula com frequência, mesmo que não vá fazer a unha.
2️⃣ Ter sempre um alicate de cutícula por perto. Um cortador de unha também resolve.
3️⃣ Hidratar as mãos, sempre, especialmente as cutículas, massageando. Um produtinho super eficiente é o sérum hidratante para mãos da linha Chic, da farmácia Panvel (pra quem não é do Sul, dá pra comprar pelo site). São 30 reais bem investidos: dura muito! Um pouquinho dá para as duas mãos e forma uma película aveludada na pele, sem deixar a mão melada. Quem experimenta não larga mais.

E o que são essas práticas? PREVENÇÃO! Não adianta chorar as pitangas depois de ter comido os dedos como se você fosse um zumbi. Você tem que tirar da sua frente aquilo que coloca você em risco, “evitar a primeira cutucada”, assim como um alcoólatra deve evitar o primeiro gole.

Mude o seu mindset para esse estado! Pense sempre: o que eu posso fazer HOJE para evitar cada uma das situações que são gatilho para mim? Não importa se os gatilhos são físicos ou emocionais, pense no que você pode fazer para evitá-los e foque sua energia nisso. A pele melhora em consequência e a sua preocupação passará a ser em MANTER os bons resultados. 😊


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *